Papai Noel é agredido e acusado de petista por usar roupa vermelha

Nem Papai Noel escapou do radicalismo imbecil que tomou conta da sociedade brasileira.

O bom terceiro-idosinho levou uns safanões e foi expulso de um shopping aqui de Brasília por um grupo de coxinhas.

Aos gritos de “petralha safado”, “velhote comunista”, “vai pra Cuba” e outros impropérios menos nobres, atiraram o Noel no meio da rua. Tudo por conta da roupa vermelha que o terceiro-idosinho usa faz séculos.

Fico imaginando como deve estar sendo difícil torcer para o Internacional, também conhecido como Colorado por seus torcedores. A “oposição” gremista anda até exigindo que o Inter mude sua sede de Porto Alegre para Havana.

Tá foda!

Anúncios

Pedido da torcida do Botafogo a Papai Noel

Papaizinho Noelzinho querido,

vou te fazer um pedido muito difícil de ser atendido, mas espero que o senhor tenha a boa vontade e a misericórdia cristã de atendê-lo.

Sabe, Noelzinho, eu e a torcida do Botafogo estamos cansados de tanto sofrer, vê se consegue nos dar um time decente em 2016. Não, Nonozinho querido, não precisa ser nenhum Barcelona, mas um que não nos mate de vergonha e raiva.

Pense nisso com carinho, Papá Nonô, e nós, alvinegros, seremos-lhe eternamente gratos.

Um feliz Natal é o que este lindo, gostoso, genial, porém humildoso, Barão de General Severiano, protetor do Botafogo, deseja a você, bom e amado Noel.

Obs: Se esse Papai Noel, depois do tanto que eu puxei seu saco (o de presentes), não atender meu pedido vai ter se ver comigo e ainda ouvir poucas e boas!

DE Natal quero ganhar uma propina legal bem gorda

Eu já pedi meu presente de Natal ao Papai Noel. É segredo, mas como sei que vocês não são fofoqueiros, vou contar.

Eu pedi ao bom terceiro-idosinho (dizer velhinho é preconceito) para ganhar uma propina bem grande de uma empreiteira.

Mas propina legal, rigorosamente dentro da lei, que nem  que nem as doações que os empreiteiros fazem aos partidos políticos: com nota fiscal, recibo de doação e tudo o mais.

Nós, brasileiros, somos mesmo foda! Inventamos a corrupção legal.

Carta de um homem para Papai Noel

 

Papai Noel,
me perdoe o desabafo, mas há muitos anos venho querendo  escrever essa carta. Tantos que hoje escrevemos e-mails  no lugar de cartas. Enviei para o seu, espero que entenda o que vou dizer.
Eu fui um garoto muito pobre, Papai Noel. Muito mesmo. E você nunca passou no casebre em que morava com meus pais e irmãos para deixar um presente no Natal. Via outros garotos com um monte deles e eu e meus irmãos sem nada. E meus amiguinhos de miséria também. Por quê, Noel, pode me explicar? Eu não entendia… Hoje sei os motivos, mas continuo sem entender.
Logo na suposta data de nascimento de Jesus Cristo, que viveu na pobreza e pregava a humildade, a bondade, a caridade, o amor ao próximo, por quê?! Eu chorei muito, tinha muita vontade ganhar de uma bola de couro para jogar futebol com meus amigos, mas o senhor sempre nos ignorou. Hoje posso comprar. Estudei como um louco, passei muitas privações, mas venci. Este ano, e desde que posso, comprei várias bolas, Papai Noel.
Ontem mesmo, passei em um bairro pobre e vi várias crianças ( entre oito e dez anos ) jogando uma pelada com uma bola toda remendada. Parei o carro, peguei uma das bolas e dei para as crianças. Foi uma linda e emocionante algazarra… Uns me abraçaram, outros me beijaram… Quando eu ia saindo, olhos umedecidos, uma delas me perguntou: – Quem é você?!
– Sou Papai Noel- respondi.
– Não é nada, você não tem barba!?- exclamou.
– Mas tenho coração!
Dei-lhe mais um abraço, um beijo e fui-me…
Feliz Natal, Papai Noel!
E fique com o abraço de um homem que não deixou a criança morrer em seu coração, apesar de nunca ter ganho um presente de Natal.

E-mail de Papai Noel para Dilma e Temer

Polo Norte, 12 de Dezembro de 2015

Dilma Roussef e Michel Temer,

Escrevo este e-mail no intuito de informar que ambos não vão ganhar presente de Natal.

Ando com o saco cheio das briguinhas, pirraças e falsidades na relação entre vocês dois.

Detesto crianças egoístas mimadas e manhosas, que só pensam em si.

Repetindo: meu saco está cheio de presentes e das confusões fúteis que os dois andam aprontando no Brasil, que vive profunda crise, da qual vocês têm boa parte da culpa. Portanto, comportem-se.

Ao Temer ainda digo que esse negócio de mandar cartinha discutindo a sua relação com a Dilma é a mais pura viadagem!

Além de coisa antiga (até eu já uso e-mail), é falta  de caráter e coragem: o correto seria ter ido ao Palácio do Planalto e dizer tudo na cara dela. Você, Temer, como o Vasco da Dilma, têm acesso direto a ela.

Tenham um feliz Natal! Mas sem presentes…

Papai Noel

Carta de Michel Temer para Papai Noel

A chefe de reportagem do Interrogações News em Brasília, Emídia Golpista, em um grande furo de reportagem conseguiu uma cópia da carta que o vice-presidente da República, Michel Temer- o nosso genérico do Conde Drácula- enviou ao Papai Noel.

Brasília, 08 de Dezembro de 2.015

Senhor Papai Noel,

Escrevo-lhe esta cartinha em tom de humilde desabafo.

Veja o senhor, meu querido bom terceiro-idosinho (usar o termo velhinho é preconceito, segundo as novas normas da Gramática Normativa do Politicamente Correto), que já estou há quase cinco longos anos sendo o Vasco da Gama da presidente Dilma, que não confia em minha pessoa, nem nas pessoas que compõe minha quadrilha, desculpe, foi um ato falho de minha vice pessoa, meu partido. O que não é justo, embora ela esteja coberta de razão.

Em sendo assim, queria que o senhor me desse de presente de Natal a Presidência da República, afinal o Brasil merece ter um homem bonito, charmoso e ga$to$o como eu na chefia da Nação.

Sou tão bonito e ga$to$o, Papai Noel, que uma mulher lindíssima- e uns cinquenta anos mais nova que eu- se apaixonou perdidamente por minha bela e Ga$to$a vice pessoa.

Abreviando a missiva, que não sou homem de perder tempo com meias palavras: ou o senhor me dá a porra da Presidência de presente de Natal ou ficarei de mal com o senhor, e para sempre!

Respeitosamente e no aguardo do cumprimento de meu desejo,

Michel Temer

Papai Noel abandona trenó e rouba helicóptero em São Paulo

Nem Papai Noel, o ex-bom velhinho e atual bom terceiro-idosinho (aqui sigo rigorosamente às normas linguísticas determinadas pela Gramática Normativa do Politicamente Correto), escapa da ladroagem ampla, geral e irrestrita que tomou conta do Brasil.

Em São Paulo, Noel abandonou o trenó, o trocou por um helicóptero. Roubado! É, Papai Noel roubou um helicóptero para distribuir os presentes do Natal que se aproxima na capital paulista.

Não, o helicóptero roubado não é aquele de Minas, do Perrela, amigo do Aécim, que não transporta presentes, só cocaína… em pó.

Pra completar, outra piada pronta: o governo de Tia Dilma Sapiens vai lançar um manual anticorrupção… Ha! Ha! Ha! Ha! Ha!

Nunca antes na história desse país…

 

A notícia do Papai Noel ladrão está no Bol Notícias- ‘Papai Noel’ rouba helicóptero na zona norte de São Paulo Leia mais em: http://zip.net/bgsrXg