Maluf acusa Lula de plágio e quer processá-lo

Paulo Maluf ficou possesso ao ler a declaração de dada ontem por nosso Lulinha, em que ele  afirmou que é a “viva alma mais honesta do Brasil”.

Segundo apurou a nossa repórter, Emídia Golpista, Maluf, mesmo sendo atualmente “cumpanheiro” de jornada do Lula, vai processá-lo por plágio.

Segundo Maluf todo mundo tá careca de saber que o homem mais honesto do Brasil é ele.

Eu, como tenho personalidade forte, concordo com ambos, embora discordando.

Brasil injusto

Um poema sobre o Brasil e suas injustiças

O Brasil nasceu injusto!

Foi descoberto…

Mas como?

E os vários povos

Que aqui já estavam?

Não eram seres humanos?

Não! Claro que não!

 

Depois vieram os negros!

Escravos…

Um bem material

Como outro qualquer

E sujeitos a todo tipo

De perversões e injustiças

Mas como?

Não eram seres humanos?

Não! Claro que não!

Nem alma tinham

Segundo a Santa Madre

E nada piedosa

Igreja católica da época

 

E assim foi construído

O injusto país

Chamado Brasil

 

E de injustiça em injustiça

De descalabro em descalabro

Deu nisso

Que vemos hoje

Um país sem compromisso

Com seu povo

Onde um Estado safado

Cuida bem dos seus

E ao resto

Milhões de brasileiros

Os mais necessitados

Trata quase como

Hitler tratava os judeus

Mas como?

Não são seres humanos?!

 

Foda-se!

Foda-se o mundo e todo mundo

O Brasil tá na merda?!

Tá!

Foda-se!

Não quero consertar o Brasil, e muito menos o mundo. Nem a mim consigo…

Então, sacumé: Foda-se! O Brasil, o mundo e todo mundo!

Foda-se! Foda-se! Foda-se! Foda-se!…

E se não gostou… Foda-se!

Sobre coxinhas, petralhas e a crise chinesa

Ironizando a ridícula briga entre coxinhas e petralhas

 

Bem, com a economia chinesa entrando em crise, o Brasil já tem a quem culpar pela recessão que atravessamos: a culpa é da China!
Estavam enganados os petralhas, que diziam que a culpa era do FHC, da “elite branca” e da mídia golpista; e os coxinhas, que afirmavam que a culpa era do PT do Lula e da Dilma.
A culpa, pois, é dos comunas-capitalistas comedores de criancinhas de olhos puxados e da “elite amarela”. Tudo resolvido.

Paradoxo coxinha

Coxinha que se preze jamais come coxinha de galinha, comida de petralha, come caviar- ou diz que come.

Um resumo do Brasil de 2015

Um poema sobre o Brasil e suas injustiças

Tirando as desgraças, que foram muitas,  as dúzias de corruptos presos pela Operação Lava Jato e o retorno do glorioso Botafogo à Série A do Brasileirão, o que não foi mais que obrigação, eis um resumo do que aconteceu no Brasil em 2015:

Em janeiro:

  • Coxinhas!
  • Petralhas!
  • Fascistas!
  • Comunistas!
  • Vai pra Cuba!
  • A culpa é do FHC, da elite branca e da mídia golpista!
  • A culpa é do Lula e do Dilma!
  • Impeachment já!
  • Golpistas!

E assim viemos até dezembro, com algumas pequenas variações nos impropérios tanto à direita quanto à esquerda.

Resumindo: uma briga de um governo medíocre com uma oposição tão medíocre quanto, só podia dar no que deu: em um ano mais que medíocre.

Aos canalhas do meu Brasil varonil: Eu vos desejo um péssimo Feliz Natal!

 

Aos hipócritas
que nesta época
abraçam a todos 
com seus sorrisos falsos:
Eu vos desejo um péssimo Feliz Natal!

Aos corruptos que saqueiam
os cofres da Nação com seus
poderes sórdidos:
Eu vos desejo um péssimo Feliz Natal!

Aos nossos podres poderosos
com seus ternos bem cortados
e seus colarinhos- brancos
de falta de vergonha:
Eu vos desejo um péssimo Feliz Natal!

Aos que prejudicaram 
o glorioso Botafogo:
Eu vos desejo um péssimo Feliz Natal!

Aos canalhas do meu Brasil varonil:
Eu vos desejo um péssimo Feliz Natal!

De Tiririca a titica: a involução do Brasil

Um poema sobre a corrupção brasileira

O Brasil

Tá complicado

Tem ladrão

Pra todo lado

Ladrão civil

Ladrão estatal

O país virou

Um imenso covil

De gatunos

De todos os quilates

Não sei

Onde isso

Irá parar

Mas do jeito que tá

Não dá pra ficar

O palhaço Tiririca

Um dia disse

Votem em mim

Que pior que tá

O Brasil não fica

O Tiririca foi eleito

E feio errou

O Brasil

Muito pior ficou

Se transformou

Em uma imensa e fétida

Titica!