Rabicu, o guru vândalo, depois da delação premiada, lança a felação premiada

A volta de Rabicu, o guru vândalo

 

Rabicu, o guru vândalo, depois da delação premiada, popularizada pela Operação Lava Jato e que fez o do Brasil o país com mais dedos duros do mundo, vai lançar um concurso erótico-espiritual, será a “I Felação Premiada”.

Não só os dedos ficarão duros…

A vencedora e o vencedor ganharão uma viagem a Roma, pois, como diz o ditado popular, quem cai de boca vai a Roma.
Rabicu sabe, Rabicu diz.

Anúncios

Cultura: Laura Keller ensina como manter a bunda durinha

A bunda de Laura Keller

O panorama cultural brasileiro vai de vento em popa; ou de vento em bunda!

A atriz Laura Keller ensina como manter o bumbum durinho no portal Globo.com.

Bumbum é o cacete! O nome correto das belas curvas femininas é bunda, bunda seus bundões falsos moralistas!

Esse grandes sites (Globo, UOL, Terra e outros) estão repletos de mulheres de bunda de fora e, pudicamente, chamam as calipígias de nossas meninas de bumbum.

Resumindo: mostrar as bundas pode, mas chamar as bundas de bundas não pode, é imoral!

Só não mando essa falsa gente tomar no bumbum porque este é um espaço  de alta erudição literária e dedicado às famílias brasileiras.

Bumbum… Bunda!!!

A notícia está no portal Globo.com

Sou tarado e mal-educado- um poema esculhambado e pornográfico

Alguns pensamentos do Barão

 

eu sou mau
e cara-de-pau
gosto de sexo oral
e sexo anal
mas não gosto
de sexo virtual

não gosto de missa
gosto é de mulher submissa

não gosto de santo
gosto de causar espanto

tenho parte com o capeta
por isto gosto tanto de buceta

não sou politicamente correto
mas meu pênis
à toa fica ereto

sou tarado
e mal-educado
e não quero ser amado
quero ser excomungado

e quem do meu poema não gostou
é porque com inveja
de meu talento ficou

mas nada me enerva
pois quando me irrito
mando todo mundo
à merda!

 

Dizem, desde quando eu era criança, que sou do contra e espírito de porco.Do contra, na verdade, sou sempre a favor; quanto ao espírito de porco, embora tome dois banhos por dia, no mínimo, acho que sou… Se rir dessa ridícula e falsa moralista humanidade é ter espírito suíno, podem ter certeza que sou, e com prazer inaudito. Zatonio Lahud

Impicha de Bill Clinton ia acabar em uma “boquetada” se fosse no Brasil

Esse negócio de impeachment é um saco até para digitar o nome da porra do troço. Em sendo assim, e como um nacionalista sem muita convicção que sou, resolvi aportuguesar o impeachment para impicha. Além do mais, impeachment soa muito pomposo para esses políticos rastaqueras que temos.

Mas queria falar é do impicha do Bill Clinton, que quase perdeu seu cargo de presidente da sede do Império, os EUA, por causa de uns boquetes que uma estagiária, Monica Lewinsky, andou “pagando” em seu falo presidencial no salão oval da Casa Branca.

O boquete foi descoberto, virou assunto de segurança nacional e Clinton sofreu um processo de impícha em 1999, do qual foi absolvido.

Ah, mas se fosse aqui no Brasil esse troço ia render muito é mais: no mínimo, em solidariedade à boqueteira presidencial, grupos politicamente corretos iam convocar  a população para um Boquete Revolucionário Público nas principais capitais do país.

Um grupo de juristas à esquerda, iria dizer que a direita estava tentando criminalizar o boquete, que nossas bocas são livres para chuparem o que quiserem… Sem falar nos nossos “Çabichões” de sempre os mesmos, que iriam gastar laudas e mais laudas para explicar que a felação é um ato profundamente revolucionário. Ou não… Isso só quem pode determinar é o Caetano Veloso.

O slogan do furdunço vocês já sabem: Boqueteiras unidas jamais serão vencidas!

Ao menos nós, brasileiros, somos mais criativos quando se trata de bagunçar qualquer coisa, inclusive o Brasil.

Cultura: Gracyanne Barbosa diz que Belo peida muito durante o sexo

O panorama cultural brasileiro vai de vento em popa, ou de peido em popa, no caso em tela.  Gracyanne Barbosa- a genérica brasileira do Hulk-, afirmou no quadro “Contos de Fadas no novo programa da Xuxa (tão ruim quanto os anteriores), que seu Belo ( tem gente que acho o feio Belo) solta muitos peidos quando está fazendo sexo. Pelo visto, e pelo mau-cheiro, esse quadro “Contos de Fadas” deveria se chamar “Contos de Fodas”, né não?

Mas calma, meu povo, que a baixaria cultural ainda não terminou: o peidorreiro Belo afirmou ainda que gosta de fazer sexo anal, mas só de vez em quando. Só não explicou se é ativo ou passivo…

Essa baixaria toda foi ar em um programa de uma “madama” intitulada “Rainha dos Baixinhos” e reproduzido na Folha de São Paulo, um dos principais jornais do país. Ah, e na Rede Record, do evangélico Edir Macedo.

Vamos indo bem. Além de ter de tolerar as baixarias diárias de nossos políticos, sou obrigado a saber que o Belo é um peidorreiro contumaz quando está transando.

Dizem até que na hora H a Gracyanne diz: “Peida gostoso pra sua Hulk amor!” “Peida bem forte e fedido, peida, meu Belão!”

A fedorenta baixaria está em http://f5.folha.uol.com.br/televisao/2015/10/1696050-belo-solta-muito-pum-durante-o-sexo-revela-gracyanne-barbosa.shtml?cmpid=facefolha

Êxtase

Teu corpo esparrama sensualidade
deitado displicentemente em minha cama
minha mão desliza suavemente por suas pernas
sinto os cabelos eriçarem
um leve tremor em teus lábios
agora acaricio teus seios levemente com a palma da mão
as auréolas incham
beijo-as com delicadeza inaudita
mordisco-as levemente e ouço um leve gemido de prazer
brotar de tua garganta
sigo viagem lentamente beijando tua barriga- paro no umbigo
sinto o arfar de tua respiração aumentar
chego em teu sexo e passo a língua levemente em toda tua extensão
gemes agora- teu corpo está entregue [ submisso ] ao prazer
recomeço a viagem de volta agora  mais rápido
chego em tua orelha
mordisco-a com delicadeza
beijo tua nuca com ardor
teus lábios procuram os meus no instante que te penetro
tuas unhas arranham meus ombros
mordo tua boca…
O êxtase.