O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), escreveu uma carta à presidente Dilma rompendo com o governo. Diz em sua missiva que Dilma não confia nele nem no PMDB.
Ora, nisso Tia Dilma Sapiens tem carradas de razão: não dá pra confiar em uma quadrilha, quer dizer, partido, que tem entre seus quadros gente de status imoral como Eduardo Cunha, Zé Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Romero Jucá, et caterva.
Eu, que sou mais prevenido, não confio nem em políticos e muito menos em governos. Só confio na Marieta, minha querida mula-sem-cabela-com-estrela-na-testa.

Só agora o PT começou a temer o vice Temer, mas temo que seja tarde demais…

Derrotada na Argentina, derrotada na Venezuela, em frangalhos no Brasil, a velha esquerda precisa olhar para dentro de si e identificar seus erros. Ficar apenas culpando a “direita”, o “aquecimento global”, as “elites brancas”, o FHC, a “mídia golpista” e o novo rebaixamento do Vasco não justifica a derrocada geral.

A notícia completa está na Folha de São Paulo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s