O Brasil já passou do nível do ridículo para o trágico. Agora estamos entrando na fase da pantomina asquerosa. Além do Eduardo Cunha, agora me apareceu um tal Pedro Paulo, secretário do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), e seu candidato à própria sucessão, querendo justificar que as porradas que enfiou em sua ex-mulher por ao menos duas vezes, afirmando cinicamente que são coisas que “acontecem entre casais”.
Ontem a própria vítima participou da baixaria, dizendo que seu agressor “não é uma pessoa agressiva”. Imaginem se fosse?
Tá difícil suportar…

A baixaria completa está na Folha de São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s